Parque da Redenção oferece memória, artesanato, arte, comida e serviços

 

tena memória (1) tena memória (3)

 

Fotos Tiago Silveira

 

A estrutura do Parque da Redenção para o Fórum Social Mundial Temático 2016 já está montada, esperando os participantes dos debates, que acontecem a partir das 8h30 (atividades autogestionadas) e 14h (mesas de convergência).

O local conta com uma ambulância que fica à disposição das 9h às 20h, seguranças e banheiros químicos nas laterais do corredor central.

Nos dois lados do parque ficam as bancas da Economia Solidária – artesanato, artes e alimentação (a la minuta, pasteis, acarajá, produtos coloniais e produzidos pelo Movimento dos Sem Terra (MST).

Uma das 20 tendas montadas apresenta uma exposição de fotografias para recordar a história de dez edições do Fórum Social Mundial. O Repositório Digital do Fórum Social Mundial está reunindo material para guardar a memória do evento.

Vários estandes oferecem serviços úteis. O Departamento de Informática do SUS do Estado do Rio Grande do Sul está realizando cadastro e emissão do Cartão Nacional de Saúde dos brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, na Tenda de Acolhimento, ao lado da Tenda Paulo Freire.

Um Centro de Informações Turísticas da Prefeitura de Porto Alegre atende em um trailler oferecendo material com locais e horários de passeios. A Linha Turismo funciona entre 9h e 17h, com vários pontos de parada para o Centro Histórico e Zona Sul. E uma mesa da Associação dos Hostels oferece dicas de lugares para visitar no interior do Estado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*